Notícias

Belém lidera ranking de capital mais segura das regiões Norte e Nordeste

Belém é a capital do estado mais segura das regiões norte e nordeste do país, apresentando redução de 12,9% nas Mortes Violentas Intencionais (MVI) se comparado os anos de 2020 e 2021, que computaram 384 e 336 casos. Saindo da primeira colocação em 2018 para o 16º lugar no ranking. Os dados levantados pelo Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram divulgados nesta terça-feira (28).

Na análise estão contabilizados o número de crimes de homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte, além de mortes em decorrência de intervenções policiais. O Pará, também está entre os 14 estados brasileiros com redução  de crimes violentos, registrando queda de 38,96%, entre os anos de 2021 e 2018, que computaram 2.881 e 4.720 casos de MVI (Mortes Violentas Intencionais), respectivamente.

Em 2018, Belém figurou como a capital mais violenta do País em um estudo divulgado nacionalmente, dessa vez um novo levantamento é divulgado e Belém deixou a primeira colocação para a 16ª, pontuou o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado. 

O titular da Segup acrescentou, ainda que, “isso é um avanço significativo das reduções alcançadas nos últimos três anos e meio. Além disso, Belém passa a ser agora a capital menos violenta das regiões norte e nordeste do Brasil, visto que todas as outras cidades com índices menores estão em outras regiões. Esse resultado demonstra a acertiva nas ações realizadas, mas também a consciência de que, se conseguimos chegar na capital em uma média inferior a nacional, precisamos e devemos chegar com indicadores menores ainda já alcançados, a população paraense merece e certamente terá melhores resultados”, Afirmou.

Outros números 

Outros números do estudo relacionados somente aos crimes de homicídios, também apontam redução de 16,5% se analisados os anos de 2020 e 2021, que registraram 292 e 245, uma média de 19,5 e 16,3 por 100 mil habitantes, respectivamente. Em relação ao crime de lesão corporal seguida de morte, a redução foi de 40,80%, que em números absolutos são computados 49 casos em 2020 e 29 em 2021. 

Investimentos

Foto: Jader Paes / Ag.PArá-Arquivo

Nos últimos três anos e meio, o governo do estado aumentou os salários dos policiais em até 49%, o efetivo das forças de segurança em mais 7 mil profissionais e investiu em equipamentos modernos, inteligência e integração das forças, além de instalar 06 Usinas da Paz que são equipamentos de esporte, lazer e cultura nas regiões de maior vulnerabilidade social, garantindo com que os indicadores de criminalidade se mantenham em redução continua. Além disso, novas unidades policiais foram entregues, bem como, viaturas, lanchas e aeronaves. 

“Sabemos que ainda temos um caminho a percorrer, mas não podemos deixar de considerar que todos os investimentos realizados tem contribuindo para os resultados que temos obtido nos últimos anos. São investimentos significativos que estão refletindo em dados apontados nacionalmente. Ressaltamos que não vamos parar, para que os indicadores sejam cada vez menores”, concluiu Ualame Machado.

Fonte: Agência Pará / Por Roberta Meireles (SEGUP)

Pará News

PARÁ NEWS®️, é um jornal online que cobre 24 horas notícias do estado e região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo