Política

Bolsonaro veta Fundão Eleitoral de R$ 5,7 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou totalmente o artigo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que definia as regras para formação do chamado Fundão Eleitoral. A decisão foi tomada após um reunião realizada com seus principais ministros da área política e econômica.

O texto previa que o fundo seria financiado com base em 25% do orçamento da Justiça Eleitoral deste e já do próximo ano. O veto será publicado hoje, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Cálculos de analistas do Congresso mostram que por essa regra, o valor poderia ficar em R$ 5,7 bilhões.

O novo valor ainda será definido durante votação do Orçamento Geral da União. A equipe econômica defende o valor de R$ 2,1 bilhões, como correção do último valor pela inflação.

Bolsonaro ainda não oficializou a decisão sobre o veto do artigo referente ao fundo eleitoral. o pazo final é hoje, 20.

O presidente já havia sinalizado que vetaria. O valor de R$ 5,7 bilhões, aprovado pelo Congresso, gerou repercussão negativa, por ser muito acima do montante isponibilizados nas últimas eleições.

Fonte: Roma News / Com informações do Gazeta Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo