Notícias

Comitiva brasileira no Oriente Médio pretende atrair investimentos e assinar criação de conselho empresarial

Em seu terceiro dia de viagem pelo Oriente Médio, o presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva vão acompanhar neste domingo, 14, a cerimônia de abertura da Dubai Airshow onde estará no pavilhão da Embraer.

O evento global é semelhante a outras duas grandes festas do setor em outros locais do mundo: uma em Paris, na França, e outra em Farnborough, na Inglaterra. As feiras são conhecidas por atrair representantes oficiais dos países, assim como empresários e investidores. 

Ainda hoje, o presidente possui uma programação com autoridades do país, onde devem ser assinados acordos bilaterais e de cooperação.

Importância

De acordo com o Itamaraty, os países do Golfo possuem uma importância conjunta no setor de exportações de commodities do Brasil e na atração de investimentos em outras áreas.

A visita presidencial por três países do Oriente Médio como Emirados Árabes Unidos, Catar e Bahrein pretende ir além da agenda econômica e explorar possibilidades de cooperação nas áreas de defesa, ciência e tecnologia, educação, cultura, turismo, cooperação legal e diplomacia.

Objetivos

As principais metas desta viagem oficial da comitiva brasileira é aumentar a presença de empresas brasileiras, assim como atrair mais investimentos dos fundos soberanos em áreas como a infraestrutura.

Outro ponto de grande interesse é participar do programa espacial dos Emirados Árabes, projeto em que se costuma fazer a contratação de cientistas de outros países, o que desperta a atenção dos líderes brasileiros.

Entre os acordos previstos a ser assinados, está um memorando de entendimento que cria um conselho empresarial entre os dois países, que deve impulsionar essas relações.

Próximos passos

Desta forma, a comitiva formada por autoridades como os ministros da Economia, Paulo Guedes, e das Relações Exteriores, Carlos França; além de outras autoridades como o secretário de Cultura, Mário Frias, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, além do deputado federal Eduardo Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro ainda devem cumprir outros dias de agenda que deve ser encerrada somente na próxima quinta-feira, dia 18.

Até a segunda-feira, 15, a comitiva ainda permanece em Dubai devido a participação de Bolsonaro participa no fórum Invest In Brasil em Dubai, promovido pela Apex-Brasil, e no pavilhão da Embraer na Dubai Airshow.

Já na terça-feira, 16, a comitiva presidencial chega em Bahrein, onde o presidente participará da inauguração da embaixada brasileira na capital do país, Manama, além de uma reunião bilateral com o rei do Bahrein, Hamad bin Isa al-Khalifa.

No dia 17, a programação da viagem segue no Catar até a quinta-feira, 18, quando a delegação começa a fazer o regresso ao Brasil.

Fonte: Roma News

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo