Notícias

Estado entrega mais de 240 cheques do Sua Casa em São Félix do Xingu

À medida que os candidatos são selecionados, os engenheiros da Cohab iniciam a avaliação e o diagnóstico das moradias

O governo do Estado, por meio da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab), entregou cheques do programa “Sua Casa”, nesta sexta-feira (8), no município de São Félix do Xingu. O governador Helder Barbalho, acompanhado do prefeito municipal, João Cléber, entregou pessoalmente o benefício para mais de 240 famílias. Um investimento de R$ 2 milhões. 

O programa habitacional garante apoio para construção, reconstrução e ampliação de residências de moradores em vulnerabilidade social que se enquadram nos critérios previstos em lei. 

“É uma alegria muito grande poder voltar aqui em São Félix do Xingu, principalmente, por ser um dia tão importante para a cidade. Hoje são mais de 200 famílias que estão recebendo material de construção e o pagamento da mão de obra para ajudar a ter uma casa melhor, uma casa com dignidade, uma casa com mais qualidade para quem mais precisa”, ressaltou o governador.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

O governador se mostrou grato sobre a oportunidade de fomentar o desenvolvimento socioeconômico da região. “Eu agradeço a Deus por me permitir estar junto com vocês nessa jornada, por me permitir, junto com vocês, construir esse novo tempo para essa região, trabalhando por todo o nosso Estado”, afirmou.

“Sabemos que o governo que se propõe a olhar pelas pessoas tem que estar aqui olhando no olho, trabalhando para fazer com que São Félix do Xingu, no sul do Pará, possa crescer cada vez mais e possa se desenvolver”, afirmou o chefe do Executivo.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

O prefeito de São Félix do Xingu, João Cleber, comentou sobre as ações em São Félix do Xingu são importantes. “Estamos entre os 10 mais maiores municípios do Pará, tanto em população, quanto em questões de arrecadação. São Félix do Xingu passou muitos anos sem ser visto com esses olhos que o governador Helder Barbalho tem tratado a população, com carinho e com respeito. É disso que nós precisamos, de um governador presente, trazendo ações para mostrar ao povo o seu desenvolvimento”, disse o prefeito.O município de São Félix do Xingu tem cerca de 135 mil habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Do ato de entrega do benefício do Sua Casa, participaram deputados estaduais, federais, entre outras, lideranças públicas da região.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Ainda de acordo com o prefeito municipal, João Cleber, o programa “Sua Casa” cumpre um papel social e garante para quem recebe o benefício mais dignidade. “Hoje são quase 250 cheques do Sua Casa. O governo do Estado tem investido na questão social, trazendo ações de vários aspectos e tem sido um trabalho fantástico. Quando se fala em cheques do Sua Casa, a gente está falando em trazer mais dignidade para quem precisa, principalmente, às famílias de baixa renda que moram em situações insalubres e é importante ressaltar esse olhar diferenciado do governo do Estado”.

Contemplada com o programa habitacional, Eva dos Santos Cavalcante era só gratidão. “Este benefício foi muito importante. Tem um tempo que eu moro aqui e nunca construí minha casa, agora, eu vou conseguir construir minha casinha, vai ser um benefício bom para a minha família que vai ter um conforto maior e eu creio que foi uma benção”. 

“Hoje, eu estou morando de favor. Temos o lote, mas ainda não temos a casa e agora eu vou começar a construir a minha casa e vai ser só benção. No meio de tanta dificuldade, principalmente, após a pandemia isso é uma boa ajuda, uma ajuda muito grande. Deus foi muito bom e a gente só tem a agradecer”, comemorou a moradora Eva Cavalcante.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Para Luiz André, diretor do Programa da Cohab, com mais essa entrega o governo do Estado assegura que os recursos dos cheques do Sua Casa aqueçam a economia de São Félix do Xingu. 

“Essa é mais um importante entrega dos cheques do programa Sua Casa. Hoje a gente beneficia 244 famílias. Os valores dos investimentos dos cheques estão sendo disponibilizados para que possam fomentar o comércio local, e também, o pagamento da mão de obra, movimentando este recurso aqui no município. Desta forma gerando emprego, gerando renda e assim diminuindo as desigualdades sociais e melhorando a habitação da população de São Félix do Xingu”, finalizou Luiz André.

O Programa
O “Sua Casa” garante auxílio financeiro para aquisição de material de construção e para o pagamento dos trabalhadores empregados na obra. O valor concedido é de até 21 mil reais.

A Cohab estima que os investimentos na política habitacional já foram expandidos para todas as regiões paraenses desde a criação do programa, em 2019. O que tem garantindo melhorias nos lares e também a geração de renda para trabalhadores da construção civil.

Desde a criação em 2019 até o final de fevereiro de 2022, segundo a Cohab, o programa já chegou a 117 cidades paraenses em todas as regiões. O investimento total do “Sua Casa”, com a liberação das duas etapas, somou mais de R$ 260 milhões. O recurso foi destinado para o atendimento de 25 mil domicílios.

A estimativa da Companhia é que o programa beneficiou mais de 125 mil pessoas ao longo dos anos.
Para receber os benefícios, os candidatos devem atender aos critérios – estabelecidos em lei – para serem inscritos. Após a inscrição, a Cohab seleciona gradativamente os inscritos com base na ordem de prioridades previstas nas diretrizes do programa. 

À medida que os candidatos são selecionados, a equipe de engenheiros da Companhia inicia o processo de avaliação e diagnóstico das moradias. Em seguida, a próxima fase consiste na análise socioeconômica do setor de assistência social da Companhia, momento em que os técnicos averiguarão a real condição social dos candidatos.

Fonte: Agência Pará / Por Governo do Pará (SECOM)

Pará News

PARÁ NEWS®️, é um jornal online que cobre 24 horas notícias do estado e região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo