Esportes

Governo do Pará e CBF estudam jogo da seleção brasileira na reabertura do Novo Mangueirão

Governador Helder Barbalho esteve na sede da CBF detalhando andamento das obras do estádio

Com objetivo de receber um jogo oficial da Seleção Brasileira de futebol masculina para celebrar a reabertura do novo Estádio Estadual Jornalista Edgar Proença, popularmente conhecido como Mangueirão, em Belém, o governador Helder Barbalho esteve com a cúpula da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta terça-feira (15). O encontro foi realizado na sede da Confederação, no Rio de Janeiro. 

Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo Estadual paraense detalhou o andamento das obras de reconstrução e modernização do novo Mangueirão. O equipamento, que conta com investimentos de R$ 146 milhões de recursos próprios do Estado, está em ritmo acelerado com mais de 50% das obras já realizadas e com previsão de reabertura para o mês de setembro deste ano.

O governador Helder Barbalho apresentou o projeto e as obras do Novo Mangueirão – Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

Durante a reunião de trabalho, o governador Helder Barbalho contextualizou o sentimento de admiração do povo paraense para com a Seleção Brasileira, e relembrou que antes do início das obras, o Estado oficializou, junto à CBF, o desejo em receber um jogo da Seleção e ressaltou que as obras no estádio já superaram as intervenções de engenharia mais trabalhosas.

“Apresentamos para a Confederação Brasileira de Futebol os investimentos que o Governo do Estado tem realizado para transformar o nosso principal estádio em uma praça desportiva moderna que esteja à altura do futebol paraense, brasileiro e para eventos de natureza internacional. “Temos a certeza que, com a conclusão das obras, o Estado do Pará terá uma arena moderna com segurança e acessibilidade para os torcedores e, acima de tudo, um ambiente adequado para os grandes eventos e jogos. Que seja importante para atividade de futebol profissional, mas o esporte amador possa enxergar no novo Mangueirão um lugar adequado para bem acolher os paraenses”, disse o governador Helder Barbalho. 

O chefe do Poder Executivo Estadual ponderou que a presença da Seleção Brasileira de futebol masculina contempla todo esforço realizado pelos paraenses para modernização do estádio. Helder Barbalho também adiantou que na rodada de reabertura do Mangueirão estará, também, o maior clássico da Amazônia: o RexPa.  

“Desejo que possamos, na reabertura do novo Mangueirão, receber nossa Seleção, mas também festejar com Remo e Paysandu. Trazer o maior clássico da Amazônia vai mostrar a apaixonada torcida paraense por seus times e pelo futebol novo Mangueirão”, ponderou o governador.  

O presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, parabenizou a iniciativa do Governo do Estado em reconstruir e modernizar o Estádio Estadual Jornalista Edgar Proença. Ednaldo Rodrigues também elogiou a manutenção arquitetônica do estádio no projeto. 

Ednaldo Rodrigues, presidente interino da CBF, presenteou o governador do Pará com uma camisa da Seleção Brasileira – Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

“Uma satisfação à CBF receber o governador do Pará e sua comitiva. Os recebemos junto com nossos vice-presidentes e presidentes de federações estaduais. Para nós foi uma alegria. Toda vez que chega projeto deste porte ficamos bastante contentes porque a melhoria do futebol brasileiro passa principalmente pela modernização das nossas praças”, analisou. 

“O que nós vimos hoje, de tudo que está sendo feito, é realmente uma arena de porte e etiqueta Fifa. Isso abre portas para os grandes jogos, os grandes eventos, não só de clubes que representam muito bem o futebol brasileiro como também a própria Seleção Brasileira”, adiantou. 

“Só queremos parabenizar a iniciativa do governador Helder Barbalho e toda sua comitiva com secretários e deputado por trazer para o Brasil a melhoria de uma praça esportiva das mais conceituadas e, principalmente, preservando toda a sua área arquitetônica. Isso é importante para preservar história”, completou Ednaldo Rodrigues.

CBF reafirma que vai modernizará Centro de Treinamento anexo ao Mangueirão

Durante a reunião, o presidente interino da CBF reafirmou que é um compromisso da Instituição a modernização do Centro de Treinamento que funciona em anexo ao Mangueirão. “Sendo parte do projeto legado da FIFA, foi o primeiro centro construído e que precisa de melhorias. A própria verba deste legado é que vai contribuir para que o centro seja modernizado”, relatou o presidente da CBF.

O coordenador de seleções da CBF, Juninho Paulista, ressaltou que a modernização do Estádio Mangueirão recoloca o Pará na rota de eventos internacionais e jogos das seleções. Juninho também confirmou que a CBF está auxiliando o Estado com orientações técnicas para a modernização do Mangueirão. 

Juninho Paulista – Coordenador de Seleções da CBF – Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

“É excelente essa melhoria. Fico feliz em saber que vamos ter mais uma opção de lugar para receber jogos na região Norte do país. Local importantíssimo para que a seleção esteja. Sempre somos recebidos com muito calor humano e é isso que faz a diferença para os jogadores, eles sentem esse carinho. A torcida entra como um décimo segundo jogador em campo é isso é muito importante. É um Estádio que entrou na rota”, disse.

Novo Mangueirão: Estádio seguro e padrão FIFA

Com mais de 40 anos de existência, há mais de 20, o maior estádio paraense não recebia grandes obras de intervenção para manutenção e modernização da estrutura. Por conta das obras, a última partida no estádio foi no dia 24 de fevereiro de 2021, Remo 2 x 1 Brasiliense-DF, pela final da Copa Verde referente ao ano de 2020. 

Na reunião, o secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Ruy Cabral, detalhou que o cronograma da execução das obras seguem dentro do planejamento com obras em andamento, gramas do estádio já plantadas e sistema de drenagem em estágio avançado. 

Iniciadas em fevereiro de 2021, além de garantir segurança aos usuários e trabalhadores do espaço, um dos principais benefícios da intervenção será a ampliação da capacidade para receber o público que vai passar 35 para 51 mil espectadores, já que devido às condições iniciais e o risco de segurança, o espaço não permitia que o número total, que era de 45 mil.

O projeto que está em execução prevê uma completa reestruturação, atendendo a todos os padrões exigidos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para proporcionar à população a oportunidade de prestigiar grandes e importantes eventos de nível nacional e internacional, com segurança, conforto e funcionalidade, além de poder receber shows, eventos, congressos e outras atividades, que o tornarão uma verdadeira arena multiuso e palco de grandes eventos.  

Para melhorar o acesso e entrada de torcedores, novas bilheterias e catracas estão sendo criadas em todo o entorno – passando de 48 para 56 catracas, além da revisão de toda a parte de acessibilidade, como a colocação de rampas exclusivas para o acesso ao nível das cadeiras de forma mais segura e confortável. Os elevadores existentes serão trocados por novos e os acessos (que ligam o espaço intermediário até as arquibancadas), também serão ampliados e suas inclinações reduzidas para atender às exigências de segurança e de acessibilidade. O novo Mangueirão contará ainda com 10 rampas de acesso (antes eram duas).

Helder Barbalho e a comitiva paraense na CBF – Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

Comitiva 

Além do governador do Pará, também estiveram na comitiva os secretários de Estado da Casa Militar, coronel Costa Junior;  de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Ruy Cabral; de Comunicação, Vera Oliveira, de Transportes, Adler Silveira, além do deputado estadual e presidente da Comissão de Turismo e Esporte da Assembleia Legislativa do Pará (CTE/Alepa), Gustavo Sefer. 

Fonte: Agência Pará / Por Leonardo Nunes (SECOM)

Pará News

PARÁ NEWS®️, é um jornal online que cobre 24 horas notícias do estado e região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo