Notícias

MÉDICA PARAENSE QUE ESTÁ ENTRE OS CIENTISTAS MAIS INFLUENTES DO MUNDO RECEBE RECONHECIMENTO DO SENADO

Em reconhecimento as mais de sete décadas de trabalho que a cirurgiã paraense Angelita Habr-Gama tem dedicado à medicina, o senador Zequinha Marinho apresentou requerimento para que o Senado Federal conceda votos de aplauso a profissional, uma das poucas médicas brasileiras presentes na lista dos cientistas mais influentes do mundo, elaborado pela Universidade de Stanford (EUA). Para Stanford, a professora Angelita alterou o paradigma mundial adotado durante quase todo o século XX para o tratamento do câncer do reto baixo.  

Nascida na Ilha do Marajó, no Pará, a Dra. Angelita Habr-Gama iniciou sua vida acadêmica cursando medicina na Universidade de São Paulo (FMUSP) ontem também obteve seu doutorado em 1966. Além de ex-aluna da instituição, tornou-se professora titular, contribuindo ainda com a criação da disciplina de coloproctologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Foi também chefe do Departamento de Gastroenterologia e chefe da disciplina de Coloproctologia do Hospital das Clínicas. 

Autor do requerimento do voto de aplausos, o senador Zequinha Marinho ressalta que a Dra. Angelita, com sua proposta, baseada em pesquisa clínica liderada por ela e iniciada em 1981, firmou-se como atual estado que o tratamento do câncer do reto deve ser conduzido, em um primeiro momento, com quimioradioterapia. Só depois desse período de observação é que se pode discutir uma cirurgia. “Parabenizamos com entusiasmo a professora Angelita por toda sua história. Mulher, médica, professora, cientista. A marajoara Angelita Habr-Gama é orgulho do povo paraense”, enfatizou o senador. 

Fonte: zequinhamarinho

Pará News

PARÁ NEWS®️, é um jornal online que cobre 24 horas notícias do estado e região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo