NotíciasPolícia

PC cumpre mandados de busca e apreensão e prende uma pessoa em flagrante, em Belém

Durante a ação, celulares, tablets, computadores e dispositivos eletrônicos utilizados para armamento de vídeos pornográficos foram apreendidos e serão encaminhados para análise pericial

A Polícia Civil do Pará, por meio da Divisão de Combate a Crimes Contra Grupos Vulneráveis Praticados por Meios Cibernéticos (DCCV), prendeu um homem em flagrante delito e cumpriu seis mandados de mandados de busca e apreensão durante a “Operação Grooming “, deflagrada na manhã desta terça-feira (12), em Belém.

“Estamos intensificando as ações para o enfrentamento aos crimes contra crianças e adolescentes praticados no meio digital. Com a promoção de constantes qualificações conseguimos combater a criminalidade e elucidar crimes, mostrando que a instituição está atenta ao combate à modalidade cibernética”, ressaltou o delegado-geral de Polícia Civil, Walter Resende, acerca do combate de crimes contra vulneráveis, reforçando o compromisso da Polícia Civil do Pará com a população.

Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos e um homem foi preso em flagrante durante as diligências.

De acordo com a delegada Lua Figueiredo, que coordenou a operação, as investigações dos crimes relacionados ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet foram iniciadas há cerca de 10 meses, tendo sido identificadas inicialmente três vítimas que foram aliciadas pelo investigado através de redes sociais.

“Essa operação é direcionada para o combate da pornografia infantil praticada por meio da internet. Durante as investigações, nossas equipes identificaram perfis falsos que estavam sendo utilizados para aliciar crianças para produção de vídeos pornográficos’, contou a delegada.

Durante a ação, celulares, tablets, computadores e dispositivos eletrônicos utilizados para armamento de vídeos pornográficos foram apreendidos e serão encaminhados para análise que será feita por peritos da Polícia Científica do Pará (PCP) a fim de esclarecer o modo de atuação e identificar demais envolvidos nos crimes apurados.

Ao todo, 20 policiais civis, da Diretoria Estadual de Combate a crimes Cibernéticos (DECCC), Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), além de peritos da Polícia Científica do Pará participaram da operação.

Texto: Talison Lima/Ascom PC

Fonte: Agência Pará / Por Luana Laboissiere (SECOM)

Pará News

PARÁ NEWS®️, é um jornal online que cobre 24 horas notícias do estado e região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo