Notícias

‘Preço do botijão vai cair pela metade, se Deus quiser’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje, 29, que o preço cobrado pelo gás de cozinha poderá diminuir em até 50%. Ele também tornou a defender a redução dos impostos vinculados ao produto como solução para a possível queda nos valores cobrados no país.

De acordo com Bolsonaro, o valor do botijão de gás poderia cair pela metade caso os impostos sejam zerados.

“Com a venda direta, ele vai cair a metade do preço. Não justifica, na origem, custar R$ 50 e, na ponta da linha, custar R$ 130. Esse preço vai cair pela metade, pode ter certeza, se Deus quiser”, avaliou o presidente.

As declarações do presidente aconteceram durante sua visita a Boa Vista, em Roraima.

Na ocasião, Bolsonaro comemorou a decisão do governador de Roraima, Antônio Denarium (PP), de reduzir o valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no estado. Denarium sancionou uma lei estadual que reduziu a alíquota do tributo sobre o gás de cozinha de 17% para 12%.

“No início do ano, zerei os impostos federais no gás de cozinha. A mesma coisa vem fazendo o nosso governador Wilson Lima, do Amazonas. O preço do gás onde é engarrafado no botijão de 13kg está na casa dos R$ 50. Não justifica, na ponta da linha, estar custando em média R$ 130”, disse Bolsonaro.

Com informações do Pleno News

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo